Façam com que o Vosso médico lhes apresente uma “ajudinha

teresa-paiva

LEVANTAR ANTES DAS SEIS DA MANHÃ É PREJUDICIAL À SAÚDE”  Teresa Paiva falou à revista Sábado de há quinze dias sobre os riscos da nova moda de levantar muito cedo, para trabalhar, fazer ginástica ou desporto, negócios, mesmo festas, “raves suaves”, como lhes chamam as jornalistas Raquel Lito e Tânia Pereirinha, autoras do artigo “A nova vida das madrugadas”, publicado na edição da revista de 29 de Setembro de 2016.  “Fizemos estudos que confirmam que o levantar antes das 6h é prejudicial à saúde”, diz a neurologista e especialista em medicina do sono.  “O maior período de risco cardiovascular – que é quando as pessoas têm mais enfartes, acidentes vasculares cerebrais etc. é entre as 5h e as 6h. Isso acontece porque ao fim da noite, antes de acordarmos, a produção de cortisol [hormona que dá energia juntamente com a adrenalina e está associada ao stress] está no seu máximo – vai diminuindo ao longo do dia. Antes de fazerem exercícios matinais violentos, as pessoas devem perceber se estão bem do ponto de vista fisiopatológico e fazer um estudo circadiano da evolução da parte cardíaca. A partir dos 40 anos eu teria cuidado”, acrescenta Teresa Paiva.  Acordar muito mais cedo que as seis da manhã tem riscos acrescidos.  “Às 4h da manhã, que é a hora em que a produção de melatonina está no máximo, temos um mínimo de actividade cognitiva e um máximo de probabilidade de fazer erros. Não se deve conduzir, nem tomar decisões, porque não se está bem. Há picos de acidentes a essa hora” diz a especialista do sono.  Teresa Paiva alerta para várias regras de sono essenciais. “Deitar cedo ou tarde demais, tal como dormir de menos ou demais, faz sempre mal. O sono está tão bem preparado para nós que deve ser feito quanto baste e de forma agradável”, refere.  “Dormir uma média de oito horas de sono por dia”, os noctívagos não se deitarem depois da 1 da manhã, já que “deitar depois dessa hora é um problema e a partir das 2h uma doença”  e que os despertadores dos matutinos não toquem antes das 6 da manhã são os conselhos de Teresa Paiva.  Mesmo assim, a especialista alerta que estes hábitos extremados deixam marcam:  “as pessoas matutinas são mais racionais, directivas, assertivas. As noctívagas divagam mais, são mais criativas.”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *